As empresas do Tocantins deverão adotar o novo modelo de nota fiscal em 2019, conforme a portaria da Secretaria Estadual da Fazenda-SEFAZ.  A partir do dia 1º de janeiro, empresas com faturamento superior a R$ 1 milhão ou de regime de recolhimento normal terão que emitir a NFC-e – Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica.

Já para os estabelecimentos com faturamento inferior a R$ 1 milhão por ano, a emissão da NFC-e será obrigatória a partir de 1º de julho de 2019. De acordo com a SEFAZ, a implantação da NFC-e deve aprimorar o controle fiscal nas vendas no varejo, direto ao consumidor. 

Vantagens da NFC-e

As empresas precisarão fazer a mudança de seus equipamentos impressores, o que impactará na redução de custos com impressão, manutenção e aquisição desses equipamentos. Ainda no prazo da adesão voluntária, os empresários poderão solicitar a SEFAZ a autorização para deixarem de utilizar os antigos emissores fiscais e passarem a emitir somente a NFC-e, modelo eletrônico.

A nova NFC-e é um documento eletrônico que irá substituir as atuais notas ou cupons ficais emitidos nas compras no varejo, como por exemplo em supermercados, lojas de eletrodomésticos e farmácias.  Na prática, o consumidor recebe a nota simplificada e com o QR Code e a chave de acesso para consulta online.

Facilidade e segurança

Estando o estabelecimento comercial já com a nova modalidade de emissão implantada, todo documento fiscal eletrônico emitido poderá ser consultado via dispositivo móvel (smartphones, tablets, notebook e outros). Com a utilização de aparelhos mais modernos o usuário não precisará nem ter um aplicativo leitor de QR Code, bastando abrir a câmera do celular e direcionar para a leitura do documento, que irá visualizar o documento fiscal recém emitido no modelo online.

O processo de emissão é ainda mais rápido para o consumidor final e, uma vez autorizada a operação pela SEFAZ, o usuário conseguirá de modo instantâneo verificar a idoneidade do documento emitido, pois a consulta é independente e direta nos servidores da Secretaria da Fazenda.

Comodidade, segurança, rapidez e redução dos custos operacionais: a NFC-e irá modernizar o processo de compras e armazenamento dos documentos fiscais emitidos.

Quer saber mais?

Acesse o link: https://blog.nortesys.com.br/erp/nfc-e-o-que-e-e-quais-as-vantagens/

Prazos finais para adesão a nova modalidade de emissão: https://blog.nortesys.com.br/gestao-empresarial/nfc-e-nao-deixe-para-a-ultima-hora/

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Robson Lima

Mestrando em Ciências Contábeis - Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Graduado em Ciências Contábeis pelo Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (2014). Especialista em Contabilidade e Direito Tributário no Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos (2016). Professor Assistente do curso de Ciências Contábeis (2017-Atual) do Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos (UNITPAC). Atua como Consultor Contábil e Instrutor de Aprendizagem na Nortesys Soluções em tecnologia. Tem experiência nas áreas de Gestão de Varejo e Gestão de Estoques. Atuante nas áreas de consultoria empresarial e gestão dos custos operacionais.