Esses últimos dias do ano de 2020 tem servido para muita reflexão. O atual momento crítico de saúde em que um vírus de alto contágio obrigou quase que planeta Terra inteiro a ficar dentro de casa.
Com isso vem as várias consequências, entre elas, a economia regride, anda para trás. Há um ditado que se aplica bem nesses dias: “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”. Então, como não ser devorado pela crise econômica? Ouvi há poucos dias do meu superior: “Enquanto uns choram, outros vendem lenços!”.  Nesse artigo trarei algumas dicas de como fazer seu negócio alavancar em meio aos momentos de crises. Que ao invés de chorar, você seja o vendedor de lenços.

Faça uma faxina financeira

Faça dentro da sua empresa um levantamento do que realmente é essencial, do que realmente é necessário. Verifique os gastos e veja se há algo que possa ser feito para diminui-los. Deixando bem claro que quando falo em corte de gastos, eu não me refiro a baixar qualidade. Manter sempre um produto de qualidade é essencial para manter a vida da empresa. Comece verificando gastos comuns, como: energia, um ar condicionado que fica ligado fora de horário, máquinas ligadas sem que ninguém utilize, todos os gastos que são feitos sem haver retorno algum, entre outros.

Faça uma varredura dos seus gastos pessoais

Em um momento em que se é preciso apertar os cintos da empresa, também é momento para pensar sobre os gastos pessoais. É momento de fazer também uma     avaliação financeira nos seus gastos pessoais e cortar o que é supérfluo. Segundo há        estudos, cerca de 25% dos nossos gastos são em coisas desnecessárias. Ou seja,                  gastamos 25% do que ganhamos em coisas que não acrescentam e nem melhoram em nada. Não compre nada por impulso! E por fim, não adquira novas dívidas.

Pague suas dívidas

Nesses momentos de crise são onde os credores oferecem as melhores formas de pagamentos e negociações de dívidas. Verifique as melhores condições com seus credores e mantenha suas dívidas em dias, principalmente os fornecedores.

Invista em E-commerce

Com certeza ao ler esse artigo, você está lendo através de uma tela, seja de computador, smartphone, ipad entre outros. O mundo está conectado e cada vez mais as pessoas ficam mais tempo na frente das telas. Ter uma empresa que trabalha com e-commerce é sem dúvida uma empresa que resiste a momentos difíceis como esse. Uma pesquisa realizada e citada pelo site e-commerce brasil, publicada em março de 2019 diz que 74% dos brasileiros compram pela internet. E a revista Istoé diz que 7 a cada 10 pessoas comprar pelo menos uma vez por mês na internet. Investir em e-commerce é vender também para a maior fatia de clientes do mercado, visto que a maioria deles compram pela internet. Além de ser um serviço fácil e de retorno rápido.

Invista em marketing Digital

Você com certeza já deve ter ouvido que quem não é visto não é lembrado. Isso é extremamente correto. As pessoas precisam ver seus produtos, conhecê-los e se sentir atraídos por ele. Uma ótima maneira de divulgação é por via de redes sociais, uma vez que mais de 90% dos clientes passam o dia conectado.

Vencer a crise financeira e se sair bem em meio ao caos é algo totalmente possível. Por pior que possa parecer a situação no momento, as empresas que se reinventam, mudam seus hábitos e se mantem perseverantes são as que serão as vencedoras em meio a momentos difíceis! Claro que as mudanças muitas vezes causam desconforto e nem sempre são fáceis, mas mantendo um controle financeiro preciso; investindo em vendas com baixo custo como exemplo do e-commerce e em divulgação via mídias sociais suas chances de fracassarem será bem menor do que apenas ficar observando e torcendo para a crise passar logo.

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Nortesys

Nortesys é uma empresa de tecnologia focada em soluções para gestão empresarial e ERP. Há mais de 23 anos no mercado com uma equipe de profissionais experientes, mais de 11.000 usuários ativos e representantes comerciais pelo Brasil a fora.

Deixe um comentário