Manter um fluxo de caixa saudável é importante para todas as empresas, independentemente do setor ou tipo de negócio. Se você tem problemas com o controle de caixa a ponto de perder o prazo de pagamento de suas contas ou ter que pedir créditos para fazer suas compras, então, está perdendo dinheiro ou, no mínimo, desequilibrando o seu orçamento.

Melhorar o seu fluxo de caixa vai ajudá-lo a economizar dinheiro e ter um negócio muito mais próspero. Além disso, a partir desse controle, você conseguirá maior solidez na construção de planejamentos e estratégias, tornando os passos seguintes menos arriscados.

Mas, como melhorar o fluxo de caixa para ter mais dinheiro disponível? Aqui estão algumas ideias que ajudarão você a melhorar esse processo e a facilitar o dia a dia da sua empresa. Continue lendo!

1. Não perca o controle de suas finanças

Primeiramente: mantenha as contas atualizadas e faça um acompanhamento completo do dinheiro que entra, que sai e de todos os valores de pagamentos e recebíveis. É importante que registre todos os dados regularmente.

2. Envie as suas faturas no prazo

Se você deseja receber no prazo para ter dinheiro para fazer seus pagamentos, então, é preciso enviar as faturas aos clientes a tempo. Não atrase o faturamento e seja consistente com o horário e data do envio das faturas.

Outra dica importante é avisar antecipadamente aos clientes sobre os vencimentos. Se os compradores souberem quando chegarão as faturas, será mais fácil se planejarem quanto aos pagamentos.

3. Gerencie seus estoques adequadamente

Conheça bem seus estoques e analise quais produtos vendem mais e quais demoram um pouco mais para sair.

Em teoria, um produto de alta rotatividade sempre será melhor para manter o seu caixa mais saudável, uma vez que as vendas são mais rápidas.

Por isso, é preciso criar estratégias para manter o ritmo de vendas dos produtos de alto giro e impulsionar a divulgação das mercadorias que demoram mais para sair, sempre buscando reduzir alguns estoques.

O acompanhamento do estoque também é essencial, pois, assim, é possível saber qual produto deve ser adquirido em menor quantidade, ajudando a ter um melhor controle de caixa.

4. Corte despesas desnecessárias

Revise as despesas do seu negócio e elimine as que são desnecessárias ou, pelo menos, realize um trabalho para reduzi-las. Muitos desses gastos são pequenos individualmente, mas representam um montante significativo que afeta diretamente seu fluxo de caixa.

5. Ofereça aos seus clientes várias formas de pagamento

Aceite formas de pagamento alternativas, não somente em dinheiro, evitando assim que seus clientes deixem de cumprir com os acordos. Atualmente, existem muitas opções para efetivação de pagamentos. Por exemplo:

  • cartão (crédito ou débito);
  • pagamentos on-line (Paypal, Skrill etc.);
  • débito em conta.

6. Tenha um controle de estoque

Se sua empresa possui estoque, você deve executar a contabilidade interna dos produtos regularmente. Tente movimentar o estoque para que ele não se torne obsoleto ou menor em valor e gerencie-o de forma eficaz.

E, atenção: se você continuar comprando sem vender o que tem, perderá liquidez, poder de compra e capacidade de armazenamento. Tudo isso afetará suas vendas e lucros.

Em suma, ter o controle de caixa é muito mais do que realizar um gerenciamento no setor financeiro da empresa. Afinal, o dinheiro não entra e sai magicamente no caixa da empresa. É importante analisar cada ponto apresentado no texto e se certificar de que o seu empreendimento está tomando as melhores medidas para um fluxo de caixa saudável.

Gostou das informações? Que tal agora conferir o nosso artigo sobre a importância de seguir as mudanças do mercado?

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Nortesys

Nortesys é uma empresa de tecnologia focada em soluções para gestão empresarial e ERP. Há mais de 23 anos no mercado com uma equipe de profissionais experientes, mais de 11.000 usuários ativos e representantes comerciais pelo Brasil a fora.