Seus clientes querem contar com um atendimento de excelência e produtos e serviços de qualidade na sua empresa. Porém, eles também valorizam a utilização de formas de pagamento simplificadas e que se adequem às suas necessidades. É por isso que muitos consumidores escolhem empresas que preferem emitir boleto como forma de recebimento.

Dessa maneira, essa forma de pagamento é amplamente utilizada no Brasil. Porém, para garantir o recebimento da receita e, com isso, a saúde financeira da sua empresa, é essencial que você utilize estratégias eficientes de gestão e emissão desse tipo de pagamento.

É exatamente isso que você vai descobrir neste artigo! Continue a leitura e entenda agora tudo sobre como emitir e gerir os boletos do seu negócio.

O que é e quais são os tipos de boleto?

O boleto é um meio de cobrança utilizado pelas empresas para que os clientes paguem por um serviço ou produto. Ele consiste em um documento com data de vencimento e valor predefinidos e pode ser quitado em diversas instituições — como bancos, correios, casas lotéricas e até alguns tipos de comércio (como supermercados e farmácias).

Existem dois tipos de boleto bancário: o avulso e o carnê. O boleto avulso é utilizado para pagamento de compras à vista, recebidas em uma só parcela. Já o boleto do tipo carnê pode ser utilizado para o pagamento de compras parceladas ou assinatura de serviços, uma vez que ele consiste em uma sequência de pagamentos com datas de vencimento diferentes.

Por que utilizar boletos na sua empresa?

O boleto oferece uma série de vantagens para você e seus clientes. Ele é a forma de pagamento com uma das menores taxas do mercado — quando comparado ao cartão de crédito, por exemplo. Além disso, você pode receber a confirmação do pagamento por e-mail ou por meio de softwares de gestão, de maneira rápida e automatizada, o que facilita o controle das receitas da sua empresa.

O boleto também melhora a experiência de compra do cliente, flexibilizando a forma como ele vai quitar esse débito. Com os avanços tecnológicos, o consumidor tem a opção de pagar o boleto dentro de casa, pelo celular ou computador. Além disso, diversas instituições — financeiras ou não — aceitam receber o pagamento de boletos e repassá-los aos bancos.

Quais foram as mudanças recentes para a emissão de boleto?

Recentemente a Federação Brasileira dos Bancos (FEBRABAN) mudou as regras de emissão de boletos bancários. Essas mudanças aconteceram em 2015, mas só entraram em vigor em 2018.

Antigamente você podia emitir um tipo de boleto sem registro, ou seja, sem identificação do banco, nome do cliente, valor ou data de vencimento do documento. Dessa forma, quando o cliente não realizava o pagamento, o boleto simplesmente deixava de ser válido.

Porém, apesar das taxas para esse tipo de boleto serem menores, ele causava problemas na gestão financeira das empresas. Por não possuir registro, muitas organizações perdiam o controle sobre o pagamento pelos seus produtos e serviços, gerando prejuízos.

Pensando nisso, a FEBRABAN proibiu esse tipo de boleto. Hoje, todos os boletos acima de R$ 400,00 precisam ser registrados, com identificação do cliente, banco responsável, valor do documento e data de vencimento. Até o dia 21 de julho essa regra será estendida para todos os boletos emitidos, independentemente do valor do documento.

Como gerir e emitir boleto de maneira eficaz?

Faça uma previsão da quantidade de boletos emitidos pela sua empresa

Revise os dados sobre transações financeiras realizadas pela sua empresa e faça uma estimativa da quantidade de boletos que serão emitidos nos próximos meses.

Isso é importante porque, com as mudanças da FEBRABAN, houve um aumento nas taxas para emissão de boleto. Porém, elas dependem da instituição financeira que você escolher para gerir esse processo na sua empresa. Ter uma previsão do volume de boletos emitidos te ajuda a aumentar o poder de negociação da sua empresa perante a instituição bancária.

Consulte as taxas do seu banco

Vá até o seu banco e converse com o seu gerente. Consulte todas as opções de contrato para emissão e recebimento dos boletos e escolha com cuidado aquela que mais se adequa à realidade da sua empresa. Tenha consciência de que, para emitir um boleto, você precisa de uma conta-corrente compatível com esse processo no banco, que é onde receberá pelo pagamento do serviço ou produto da sua empresa.

Além disso, você terá que contar com uma ferramenta de emissão, que pode ser do banco ou externa, escolhida por você. Portanto, uma conversa aberta e esclarecedora com o seu gerente pode poupar diversos problemas e te ajudar a escolher a melhor opção de contrato de acordo com as necessidades da sua empresa e clientes.

Controle o vencimento e pagamento do documento

Uma boa gestão financeira das suas receitas é essencial para garantir o crescimento sustentável da sua empresa. Para isso, você precisa investir no controle do pagamento e vencimento dos boletos emitidos para os seus clientes.

Acompanhe a data de vencimento e utilize estratégias para lembrar os consumidores que ela está se aproximando. As mudanças da FEBRABAN também possibilitam que você proteste em cartório caso haja inadimplência do pagamento por parte do seu cliente.

Dessa forma, é necessários que você acompanhe de perto o pagamento realizado e registre essas informações na sua ferramenta utilizada para controle de fluxo de caixa na sua empresa. Além de evitar o não pagamento pelos seus produtos ou serviços, essa atitude melhora a gestão financeira da sua empresa como um todo.

Integre os setores da sua empresa com o uso de um software

Emitir boletos manualmente se tornou obsoleto. Os clientes não querem mais receber cobranças apenas pelo correio uma vez que os meios digitais — como e-mail e até celulares — facilitam a rotina de pagamento das suas contas.

Portanto, investir em ferramentas tecnológicas na gestão e emissão dos seus boletos pode ser um grande aliado para a fidelização de clientes e controle financeiro da sua empresa.

Existem softwares que permitem a emissão de boletos digitais de forma automatizada, rápida e confiável. Eles permitem que você acompanhe o vencimento e pagamento dos documentos com simplicidade e segurança, integrando esses dados ao seu sistema de gestão financeira. Dessa forma, você melhora a qualidade do processo de emissão e facilita o acompanhamento das receitas da sua empresa.

Não é à toa que emitir boleto é uma das formas de pagamento mais utilizadas no Brasil nos dias de hoje. Esse documento, quando utilizado de maneira eficiente, pode gerar benefícios tanto para você quanto para os seus clientes. Dessa forma, você garante a saúde financeira da sua empresa e cria uma vantagem competitiva para o seu negócio!

Para descobrir uma ferramenta que pode ser a sua grande aliada e auxiliar muito nesse processo, você pode dar uma olhada em nosso gerenciador! Confira e tire suas próprias conclusões.

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Nortesys

Nortesys é uma empresa de tecnologia focada em soluções para gestão empresarial e ERP. Há mais de 23 anos no mercado com uma equipe de profissionais experientes, mais de 11.000 usuários ativos e representantes comerciais pelo Brasil a fora.