Quando se fala em administração de negócios, uma série de conceitos interconectados vêm à mente. No que tange à gestão de farmácia, o cenário é o mesmo: em função das particularidades do segmento, é natural que haja demandas específicas e processos aderentes à operação cotidiana da empresa.

Se você busca mais informações sobre as melhores práticas de gestão para a sua farmácia, encontrou o conteúdo certo!

Neste post, você vai entender por que é importante estruturar a administração do negócio. Além disso, também vai ter acesso a dicas precisas para alavancar a performance estratégica da empresa.

Preparado? Boa leitura!

Por que é importante investir em gestão eficiente?

O bom funcionamento de uma empresa está diretamente ligado à qualidade na execução de suas rotinas. Processos desconectados, descentralizados e desorganizados representam um grande perigo à saúde e à perenidade da empresa.

Na prática, construir e manter uma gestão eficiente é uma condição essencial para assegurar o desempenho de qualquer organização — e não é diferente com o segmento de farmácias.

Somente ao padronizar rotinas, simplificar atividades, automatizar processos e centralizar informações, favorecendo a operação cotidiana da equipe, é possível estimular a performance do negócio e, assim, angariar resultados cada vez mais promissores e expressivos.

Diante disso, portanto, não é equivocado afirmar que a eficiência da gestão é um dos principais pilares de uma empresa bem-sucedida. No alicerce da competitividade e da rentabilidade, as estratégias administrativas têm papel de destaque em qualquer ramo de atuação.

Como é possível potencializar a gestão de farmácia?

Agora que você já está convencido da importância de promover e nutrir uma gestão eficiente, chegou a hora de agregar um pouco mais de prática à discussão.

A administração de farmácias demanda procedimentos específicos e evidencia exigências bem específicas de acompanhamento e controle. Veja dicas valiosas para potencializá-la:

1. Monitore o estoque (e os lotes)

Na operação farmacêutica, uma das atividades mais estratégicas é, sem dúvida, o controle de estoques; afinal, as características do produto — que, além de passarem por uma intensa regulação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), também exigem critério no manejo e na armazenagem dos lotes — pressupõem uma série de cuidados extras.

Para garantir a gestão eficiente e segura dos itens (e dos lotes), é preciso monitorar entradas e saídas com diligência, conferindo transparência e confiabilidade aos controles.

2. Padronize os cadastros de medicamentos

Essencialmente ligada à dica acima, a preocupação com a padronização de cadastros é legítima e, no cotidiano operacional, invariavelmente assegura o desempenho da equipe.

De modo a facilitar a busca por medicamentos e a endossar as melhores práticas de controle, é importante que os gestores se dediquem à unificação de informações, fomentando o desempenho enxuto e ágil da empresa.

3. Invista em um software de gestão

Para a missão de fortalecer o controle operacional — seja do estoque, seja do administrativo —, os sistemas de gestão (ou ERPs) são os grandes aliados das farmácias de sucesso.

Ao dispor de uma ferramenta altamente tecnológica para administrar os processos do negócio, integrando-os com objetividade, os gestores têm mais autonomia para tomar decisões estratégicas.

A mensagem, portanto, é clara: para impulsionar a gestão de farmácia, é preciso estabelecer padrões críveis, certificando-se de contar com recursos aderentes na tarefa de medi-los — contribuindo diretamente para o desenvolvimento da empresa.

O conteúdo te ajudou a repensar táticas e estratégias? Então que tal compartilhá-lo em suas redes sociais, permitindo que mais pessoas tenham acesso a ele? Bons negócios!

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Nortesys

Nortesys é uma empresa de tecnologia focada em soluções para gestão empresarial e ERP. Há mais de 23 anos no mercado com uma equipe de profissionais experientes, mais de 11.000 usuários ativos e representantes comerciais pelo Brasil a fora.