O ramo do varejo é um dos que mais cresce no Brasil e, por esse motivo, a concorrência está cada vez maior. As empresas que investem em tecnologia e rotinas administrativas eficientes se destacam em lucratividade e redução de custos operacionais.

Nesse contexto, investir em contabilidade para supermercados é uma das estratégias que podem ajudar. O setor contábil de uma empresa é responsável por inúmeras atribuições, seja ele interno ou terceirizado.

É ele, por exemplo, que faz o balanço de todas as suas contas, sabe quanto você lucrou, perdeu ou economizou em cada período ou projeto. Se a saúde de sua empresa vai bem, é seu contador que saberá informar, e também é ele quem pode tirar seu negócio do buraco caso as coisas não estejam tão bem.

Neste post, você aprenderá 5 dicas sobre contabilidade para supermercados e poderá aplicá-las em seu negócio para garantir uma melhora expressiva na organização, tomada de decisões e, principalmente, no seu faturamento. Vamos começar?

1. Entenda mais sobre gestão financeira

A contabilidade vai muito além de burocracia e números por todos os lados — ainda que eles sejam ativos valiosos para sua empresa. Por isso, é preciso saber interpretar e usar essas informações a seu favor.

Faça análises periódicas dos dados apresentados pelo seu setor contábil e entenda o que cada um deles quer dizer. Encontre gargalos, pontos que podem ser melhorados e, principalmente, gastos que podem ser eliminados ou substituídos por opções mais interessantes.

Conhecer seu fluxo de caixa e ter controle completo sobre ele é um bom exemplo disso, pois todos os dados são mensuráveis. Ao saber sobre tudo que está entrando, saindo e ficando parado por muito tempo, é possível definir estratégias e reconhecer quais são mais lucrativas.

Se suas noções em gestão financeira são limitadas, invista em qualificação profissional na área. Não confie apenas em seu contador. É preciso ter conhecimentos relevantes para que as reuniões e a interpretação dos relatórios seja o mais proveitosa possível.

2. Faça um planejamento estratégico

Entendendo melhor sobre gestão financeira, você terá dados para traçar um planejamento estratégico de suas ações futuras. Com os dados em mãos, crie gráficos e facilite a visualização das informações, pois dessa maneira conseguirá definir metas e prazos para a execução de tarefas. Assim o tempo será utilizado a seu favor.

Preveja situações e crie métodos para superar as que não sejam convenientes para a empresa. Esteja atualizado quanto à legislação do país e não permita que um novo imposto ou uma nova regra determinada pelo governo o peguem de surpresa.

Entenda mais sobre o custo fixo mensal e anual de seu negócio, procurando encontrar meios de reduzi-los — sem comprometer sua rotina nem diminuir suas vendas — e de retomar o controle sobre seu negócio.

3. Desenvolva projetos

Em um 1º momento, o termo “projeto” tem uma conotação estranha. Pensamos que pode se tratar de uma obra de engenharia ou de um desenho de computador. Pelo contrário: um projeto é um conjunto de ações que possuem começo, meio e fim, com a finalidade de alcançar um objetivo específico.

Tudo pode se tornar um projeto. Por exemplo: modernizar o parque tecnológico de seu supermercado com terminais de consulta de preços ou investir no treinamento de colaboradores para otimizar seus métodos de gerenciamento de tempo.

Durante sua fase de planejamento estratégico, pense em potenciais projetos que podem trazer benefícios para sua empresa, como uma auditoria interna ou a contratação de uma consultoria para a implementação de um sistema de gestão.

Coloque tudo na ponta do lápis e decida quais são mais importantes, quais trarão maior retorno financeiro e, por fim, quais cabem no seu orçamento.

4. Adote um controle eficiente de estoque

A contabilidade diz muito sobre como você gerencia os demais setores de seu supermercado, e um departamento que influencia bastante é o de controle de estoque.

Todo produto que entra e sai em seu estabelecimento comercial se transforma em números e valores mensuráveis e importantes. Um controle eficiente do estoque é uma ferramenta que vai determinar seu sucesso ou seu fracasso.

No varejo, o fluxo de produtos é rotativo, e o abastecimento é constante. Portanto, é preciso saber quanto está pagando, quanto vai lucrar, quais são as melhores épocas para adquirir determinado produto ou qual marca tem maior retorno financeiro.

Aprenda a controlar a validade das mercadorias e não permita que elas estraguem, pois muito dinheiro será perdido caso isso aconteça.

5. Invista em uma ferramenta de gestão

Esta é a 5ª e mais importante dica que vamos apresentar, pois ela vai dar suporte para executar os passos anteriores e facilitará a sua vida e a de todos os colaboradores de sua empresa.

Investindo em uma ferramenta de gestão, você será capaz de gerenciar não apenas a contabilidade de sua empresa, mas também integrar todos os departamentos para que as informações sejam armazenadas e analisadas em tempo real por todos os envolvidos nos processos administrativos — seja no caixa, no estoque ou nos recursos humanos.

A melhor escolha sempre será a adoção de um ERP (sigla para Enterprise Resource Planning, ou sistema de gestão empresarial). Trata-se de uma ferramenta que oferece suporte para gerenciar todo um supermercado, com controle financeiro e contábil e emissão de notas fiscais e de relatórios.

Um bom ERP deve se adaptar a todas as necessidades encontradas em seu cenário e melhorar exponencialmente todas as suas rotinas internas, oferecendo agilidade, transparência e, principalmente, consistência nas informações.

Por fim, uma ferramenta de gestão robusta está sempre alinhada com a legislação vigente no país. Todas as informações poderão ser sincronizadas com os bancos de dados governamentais e, inclusive, com os softwares contábeis, caso sua empresa contrate um serviço terceirizado.

Para que sua empresa alcance um nível diferenciado de seus concorrentes, é importante mensurar, planejar e investir em todas as áreas que a compõem. Tratando-se do mercado de varejo, a contabilidade para supermercados é importante, pois fará toda a diferença nos resultados almejados. Além disso, o seu retorno financeiro acontece a curto prazo. Pense nisso!

Nossas dicas foram capazes de sanar suas dúvidas? Há mais alguma coisa que você quer saber ou compartilhar com a gente? Deixe um comentário!

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Nortesys

Nortesys é uma empresa de tecnologia focada em soluções para gestão empresarial e ERP. Há mais de 23 anos no mercado com uma equipe de profissionais experientes, mais de 11.000 usuários ativos e representantes comerciais pelo Brasil a fora.