Já parou para pensar que pode estar pagando mais do que deveria aos cofres públicos?

 Segundo um estudo do IBGE em parceria com a Associação Comercial de São Paulo, cerca de 95% das empresas brasileiras pagam mais impostos do que devia de impostos.

Ao ouvirmos falar em tributação, automaticamente nossa mente já pensa em custos, burocracia, despesas, complexidade.

Realizar o controle de tributação é uma tarefa complexa e morosa, pois se o produto for cadastrado com as tributações erradas ou emissão de notas fiscais de saída/entrada forem feitas erradamente, duas situações podem ocorrer: Você paga mais do que deveria de tributos ou paga menos e correr o risco de sofrer auditorias.

Por esse e outros motivos, ter o controle fiscal da sua empresa ajuda a ter uma gestão de estratégia que vai além de gestão de tributação. Tem como principal objetivo analisar melhores alternativas para o negócio, como: planejar a utilização de benefícios e créditos fiscais.

Então como saber se estou PAGANDO mais do que deveria de impostos?

  1.  Organize sua empresa

Para saber se está pagando mais do que deveria, o primeiro passo é organizar sua empresa.

É essencial conhecer a realidade financeira da sua empresa. Conhecendo bem a realidade financeira da sua empresa fica mais fácil elaborar estratégias para a redução de custos. Por isso possuir uma ajuda de bons administradores e contadores é importante, pessoas confiáveis e com um bom conhecimento para otimizar ações que trarão excelentes resultados.

2. Fique Atento ao Pró-labore

Talvez não saiba, mas sobre o pró-labore incide Imposto de Renda, no entanto, sobre a divisão anual de lucros, não. Sobre o pró-labore também incide contribuição previdenciária que aumenta conforme o valor dessa retirada.

Apesar de ser necessário pagá-la, não é obrigatório que o empresário se enquadre nas maiores faixas de contribuição, portanto pode manter a retirada em valor mais baixo para também reduzir a contribuição.

Possuir uma estratégia para redução de pró-labore e aumentar a divisão de lucros irá ajudá-lo a economizar e é totalmente lícito.

Há também a opção de realizar uma revisão do INSS que consiste em verificar se alguma verba foi paga indevidamente sobre a folha de pagamento, podendo haver restituição do que foi pago, evitando cair nesse erro novamente.

3. Faça um planejamento tributário

Fazer um planejamento tributário é essencial para que você economize com segurança. Ao conhecer todos os tributos que incidem sobre a atividade e ter um controle intenso sobre o fluxo de caixa e o balanço financeiro da empresa, é possível pensar em estratégias lícitas para a redução dos impostos.

Entre essas estratégias, podemos citar a compensação de créditos tributários, a adoção de ações que impeçam a prática dos fatos geradores dos impostos e muito mais.

O planejamento tributário deve ser feito com tempo e com o apoio de profissionais com conhecimento profundo sobre a legislação em vigor e sobre as particularidades da sua empresa.

Por meio dele, além de conseguir economizar, você consegue reduzir o número de erros procedimentais, evitar o pagamento de multas e, até mesmo diminuir o risco de ações judiciais ou de processos administrativos.

Por meio do planejamento tributário, para as empresas que são do Lucro Presumido ou Lucro Real, é possível verificar se houve ou se está havendo o pagamento de carga tributária indevidamente. E caso a resposta seja sim, por meio de ações judiciais é possível reduzir a carga tributária de 20 a 40%.

4. Tenha controle de estoque

Pode até parecer clichê, mas possuir um excelente controle de estoque e dos cadastros de produtos, verificar se eles estão sendo cadastrados e lançados de acordo com o regime tributário da sua empresa é fundamental.

Ficar atento quanto a entrada e saída de notas fiscais e se os tributos têm sido lançados corretamente faz uma grande diferença na hora de pagar os seus impostos. Um exemplo disso é uma parceira da Nortesys Soluções, a PrecisoTax, que possuí um serviço de verificação quanto ao cadastro de produtos e revisão de PIS e COFINS, e somente em uma empresa, já foi restituída em R$: 1.800.000,00 pela receita federal por pagar mais do que deveria de suas taxas.

5. Sejam Bem Assessorado

Como visto ao longo desse artigo, há vários fatores que contribuem para a economia de impostos. Porém se forem feitos de maneira errada, sua empresa pode ser conduzida a uma sonegação fiscal, gerando um grande problema.

Possuir profissionais confiáveis e ser bem assessorado é essencial quando o assunto é tributações e legislações fiscais. Isso fará com que você aja com segurança e tranquilidade; e se for o caso de haver tido algum pagamento indevido, há possibilidades de haver restituições.

Faça sua análise GRATUITA e descubra como está a parte fiscal da sua empresa e se possuí restituições.

Entre em contato com a Nortesys!

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Jamila da Silva Nascimento Afonso

Instrutora do Centro de Ensino NORTESYS, Graduada em Ciências da Computação, Pós Graduada em Matemática e Estatísticas.