Existem vários relatórios que auxiliam a gestão da empresa ao torná-la mais simples e organizada. O relatório fiscal é um documento que fornece esses benefícios e permite a adequação à legislação, minimizando problemas com o Fisco.

Essa é uma ferramenta eficaz para regularização da empresa e, consequentemente, para seu desenvolvimento saudável. Para que você entenda mais sobre o assunto, elaboramos este artigo, em que explicamos sua importância prática para as empresas. Também vamos mostrar, como um sistema ERP contribui para sua elaboração e, no fim, quais são as informações que ele deve conter. Boa leitura!

Qual é a importância do relatório fiscal para as empresas?

O Relatório de Gestão Fiscal (RGF), foi criado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar n.º 101/00). Seu objetivo é o de garantir o controle, monitoramento e divulgação do cumprimento das metas da legislação.

Apesar de ser obrigatório para órgãos e entidades da União, estados, municípios e Distrito Federal, as empresas também elaboram esse relatório para obter maior transparência dos recursos financeiros, o que aumenta o controle do estoque e dos gastos. O documento traz diversos outros benefícios, como:

  • aperfeiçoa a organização das finanças da organização;
  • permite fazer mensurações e análises sobre as vendas do negócio;
  • facilita a preparação da declaração anual simplificada, que demonstra a receita total da empresa no ano;
  • melhora a imagem do negócio, permitindo obtenção de melhores empréstimos perante instituições bancárias ou financeiras, como também o torna mais atrativo para investidores;
  • evita problemas legais quanto ao cumprimento das obrigações fiscais, entre outros.

Como o software ERP ajuda na sua elaboração?

Como um negócio gera uma volumosa quantidade de informações, é inviável que o gestor reúna e trabalhe todas elas por conta própria. Afinal, a atividade demanda uma grande quantidade de tempo, está suscetível a erros, podem faltar informações relevantes, entre outros entraves.

Os problemas listados podem ser solucionados com a implementação de um bom sistema de gestão empresarial (ERP ou enterprise resources planning, em inglês) voltado ao seu ramo. A tecnologia une, em uma plataforma, todas as informações do negócio, incluindo as do setor financeiro, contábil, de vendas, estoques, entre outros. Além disso, o ERP beneficia o processo de diferentes formas:

  • automação: gera o relatório de forma automática, o que economiza tempo, capital e mão de obra;
  • redução de erros: o computador consegue trabalhar uma grande quantidade de informações sem cometer falhas nos cálculos, atrasos ou esquecer algum dado;
  • padronização: as informações são cadastradas e os dados gerados de forma padronizada, evitando confusões;
  • controle: o ERP também fornece um painel de controle que disponibiliza visão ampla sobre a empresa, as informações são atualizadas em tempo real e de forma automática, o que melhora a tomada de decisões;
  • agilidade: notas fiscais são emitidas mais rapidamente e sem erros;
  • simplificação: toda a gestão pode ser feita a partir de uma plataforma.

Quais são as informações necessárias no relatório fiscal?

As informações contidas nesse relatório estão interligadas às obrigatoriedades fiscais da empresa. Como se trata de um assunto complexo, é possível que seja necessário gerar diversos relatórios que contenham informações, como:

  • responsabilidades tributárias: todos os impostos recolhidos e retidos pela empresa;
  • obrigações fiscais trabalhistas: diferentes tipos de envios feitos ao eSocial advindas dos vínculos trabalhistas, como GFIP, Caged, Rais etc.;
  • inscrições: situação das inscrições da empresa em cada estado e município que ela atua;
  • notas fiscais: informações completas sobre as emissões, cancelamentos, correções etc.;
  • estoque: dados sobre o estoque e documentos fiscais de cada produto;
  • fluxo de caixa: dados sobre a capacidade da empresa de cumprir com suas obrigações fiscais, entre outras.

Estruturar um relatório fiscal exige tempo, dedicação e muita organização, mas com a ajuda de um sistema de gestão, fica mais fácil reunir todas essas informações e elaborar os relatórios, pois todos os dados da empresa são aglomerados em um sistema. Isso também facilita a geração de relatórios contábeis e gerenciais, o que melhora o controle do negócio e a tomada de decisões.

Entre em contato conosco para conhecer nossos sistemas de gestão e elaborar relatórios fiscais completos e precisos!

Comentários

comentários


Conheça o ERP da Nortesys

Sobre o autor

Nortesys

Nortesys é uma empresa de tecnologia focada em soluções para gestão empresarial e ERP. Há mais de 20 anos no mercado com uma equipe de profissionais experientes, mais de 1000 clientes e representantes comerciais pelo Brasil a fora.